Sobre o desperdício

Admita poeta

que lhe des[atari]a

o sufoco, saber

que sua poesia

não é ouro de tolo.

 

Admita, escorreria

Uma lágrima-alegria:

                    Ao

                  saber

            que das suas

          mãos se tecem

            uma elegia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s