E você consegue ser ainda mais frio.

E agora?! Agora é fechar as portas e ir embora sem olhar pra trás, como sempre, e não se permitir velar a possibilidade que surgia tímida quando você menos esperava, e quando ainda não queria. E foi só quando te privaram da companhia que você enxergou que o amor queria invadir sua casa, e você não deixava.E foi só quando ninguém mais falava pelos cotovelos e nem reclamava de seus silêncios no telefone que você percebeu que estava ali. E foi aí que você fechou a porta. Porque durante todo o tempo em que o amor, tímido balançava o cabelo, vestido com suas camisas e esperneava qualquer coisa na sua cama e pedia pra também ter sua vida invadida, você não fez nada, e no meio tempo ela vivia com os amigos e freqüentava festas, fases, casas e pessoas alheias e você,não fez nada.Hoje em dia os dois são só frases pela metade e a possibilidade que ficou trancada no quarto.Enquanto ela ainda balança o cabelo pra afastar os desejos repentinos de invadir aquele quarto novamente ele responde seu desespero pra terminar o amor que não começou com meias frases e ponto final, diz que não olha pra trás e que quando acaba,acaba. (E ela tentando procurar esse dom em algum lugar da sua vida.Nunca aprendeu) E eu fico medindo a quantidade da raiva (mágoa, rancores e genéricos) que você tem de mim pra saber em quanto tempo eu bato na sua porta. Pode ser agora?!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s