A cada 3,5 segundos uma criança morre de fome no mundo.

Cai as horas a fora,
Aqui dentro uma angústia me deflora.
Rezo como santo diante da cruz
Pedindo respostas pro menino Jesus.

Peço que arranque minha mão,
Minha vaca, minha faca, meu sertão,
Mas alivie a dor de meu menino
Que chora baixinho pela falta de pão.

Sem ter o que comer,
Sem ter onde morrer,
Nem chegou a sonhar,
Que um dia cresceria
Para a pobreza superar.

[pK.]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s