Até logo

Eu gostaria de escrever uma carta aberta de despedida, mas eu sei que isso não vai funcionar. Queria dizer a todos os amigos o quão queridos eles são e o quanto eles me farão falta. Queria dizer a minha ex-namorada que eu a amei até o meu possível. Queria dizer a todos os colegas o prazer que foi dividir o trabalho. Não há como transpor ao papel tantas coisas… seria uma amálgama de palavras que não fariam qualquer sentido. Calo-me pelo momento, pois tenho absoluta certeza de que o distanciamento físico e temporal me possibilitarão o discernimento necessário. Para escrever todas as cartas, para dizer os devidos “adeus”, para aprender a sentir, amar, viver… Seja o que for que me espera, que seja intenso. E tenho dito.

DF

Anúncios

2 comentários em “Até logo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s